Pedro Santos – Krishnanda (1968)

Pedro Santos, também conhecido como Pedro Sorongo ou até mesmo como Pedro da Lua, foi percussionista virtuoso, compositor e inventor de instrumentos de percussão como o bambu eletrônico e berimbau de boca. Acompanhou nomes como Jacob do Bandolim, Baden Powell, Elis Regina, Elza Soares, Sebastião Tapajós, Roberto Ribeiro, Milton Nascimento, Clara Nunes, entre outros.

Em 1968 lançou seu primeiro e único álbum intitulado “Krishnanda”. Completamente experimental, contendo mistura de ritmos brasileiros e africanos, cordas clássicas, guitarra psicodélica, coros femininos, órgão e sons impossíveis de se identificar que cobrem a cama rítmica ao longo do disco, que conta ainda com letras filosóficas, como em “Desengano de vista” (“Vaidade, todo mundo tem/ quem não tem vaidade/ vaidade tem”), “Um só”, “Água viva”, “Quem sou eu?”, entre outros.

Pedro Sorongo foi um grande músico brasileiro que não obteve devido reconhecimento de sua contribuição para a cultura brasileira. Fato que vem mudando desde os anos 2000, quando o “Krishnanda” começou a circular em bootlegs na Europa e em .mp3 na internet . Krishnanda é cada vez mais tido como uma obra-prima perdida da música brasileira.

Fonte: DISCOBRIDOR