Renato & Seus Blue Caps – Isto É Renato & Seus Blue Caps (1965)

É a partir desse álbum que a banda Renato & Seus Blue Caps apresenta uma estética sonora que se padronizou até os dois álbuns seguintes. Além disso, é o álbum no qual se firmaram como o conjunto de maior sucesso do País, além de serem escalados quase todo domingo para se apresentarem no programa “Jovem Guarda”, comandado pelos amigos Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa para a TV Record.

“Isto É…” trouxe “Feche os Olhos”, mais um sucesso nacional que é versão de “All My Loving” dos Beatles, especificamente de John Lennon e Paul McCartney. Pro bem ou pro mal, os Blue Caps foram os maiores divulgadores do quarteto britânico, mesmo que as versões – feitas em maioria por Renato Barros – sejam bastante adocicadas, o que divide opiniões em alguns admiradores do grupo brasileiro. Dos Beatles, também há as versões “Eu Sei” (I’ll be Back), “Sou Tão Feliz” (Love me Do) e “Meu Primeiro Amor” (You’re Going To Loose That Girl), ambas da fase “Beatlemania” do quarteto que serviria de espelho e moldura para o “Iê Iê Iê” brasileiro.

“O Escândalo” é a comédia esculpida em música. Versão de “Shame and Scandal in the Family”, foi um dos maiores destaques do álbum, se tornando um sucesso fenomenal ao ser lançada em compacto simples após o lançamento do LP, no início de 1966. Versões de músicas de outras bandas internacionais também ganharam espaço no LP, como “Você Não Soube Amar”, que é versão de “It’s Gonna be Alright” de Gerry and the Pacemakers. Também com essa está “Orgulho de Menina”, por sua vez versão de “I Need You, I Love You”, do repertório de The Dave Clark Five. “Espero Sentado”, por sua vez, é versão de “Keep Searchin”, original de Del Shannon.

Mas composições originais também compõem o repertório de “Isto É Renato…”, como “O Fugitivo”, composta por Luiz Ayrão e é a última gravação do integrante Cid Chaves tocando solo de Saxofone. “Aprenda a me Conquistar” é da autoria de Renato, Carlinhos e Lilian Knapp (na época namorada de Renato); vale lembrar que os dois últimos, em parceira com Paulo César (então o vocalista de maior destaque da banda) a música “Preciso ser Feliz”. E como tinha de ser, Getúlio Côrtes, um dos arquitetos da Jovem Guarda na minha modesta opinião, traz a bela balada “Esqueça e Perdoe”.

Um ponto a lamentar (mais uma vez) é a pressa com que os discos da banda eram gravados. Mal havia ensaio antes dos takes serem registrados e muitos erros cometidos durante a execução e captação do som não eram devidamente corrigidos. Isso sem contar a agenda de shows que passara a ser enorme. Outro fator que pode explicar a correria das gravações é o acompanhamento que os Blue Caps faziam para os seus colegas de CBS, como o próprio Roberto Carlos, Wanderléa, Jerry Adriani e a dupla Os Jovens, que estrearam em disco no mesmo ano com um compacto duplo onde a banda fez todas as bases.

“Isto É Renato & Seus Blue Caps” foi produzido por Evandro Ribeiro.

– Ficha Técnica:

Artista: Renato & Seus Blue Caps
Álbum: Isto É Renato & Seus Blue Caps
Produção: Evandro Ribeiro
Gênero: Pop
Estilo: Rock
Selo: CBS
Gravadora: Discos CBS
Ano: 1965

– Faixas:

01 Você Não Soube Amar (It’s Gonna be Alright) (Gerry Marsden; Versão: Roberval; Arthur Emilio)
02 Feche os olhos (All my Loving) (John Lennon; Paul McCartney; Versão: Renato Barros)
03 O Escândalo (Shame and Scandal in The Family) (Huon Donaldson; Slim Henry Brown)
04. O Fugitivo (Luiz Ayrão)
05 Preciso Ser Feliz (Renato Barros; Paulo Cesar Barros; Lilian Knapp)
06. Eu Sei (I’ll be Back) (John Lennon; Paul McCartney; Versão: Renato Barros)
07 Meu Primeiro Amor (You’re Going to Lose That Girl) (John Lennon; Paul McCartney; Versão: Lilian Knapp)
08 Aprenda a me Conquistar (Paulo Cesar Barros; Carlinhos; Lilian Knapp)
09 Espero Sentado (Keep Searchin’) (Del Shannon; Versão: Lilian Knapp)
10 Sou Tão Feliz (Love me Do) (John Lennon; Paul McCartney; Versão: Renato Barros)
11 Esqueça e Perdoe (Getúlio Côrtes)
12 Orgulho de Menina (I Need, I Love You) (Dave Clark; Mike Smith; Versão: Renato Barros)

– Formação:

Renato Barros – Guitarra solo e Vocal
Paulo Cesar Barros: Baixo e Vocal
Cid Chaves: Saxofone, Gaita e Vocal
Carlinhos: Guitarra base
Toni: Bateria e Percussão

– Curiosidades:
* A composição original da versão “Orgulho de Menina” foi erroneamente creditada como “I Need Your Love” na contracapa e selo do álbum.

* O disco foi lançado em som monaural, ganhando sua primeira edição estereofônica (compatível com aparelhos monaurais) em 1971.

*A partir da primeira edição em CD do álbum, lançado pela Sony em 1994 (provavelmente), dois segundos da introdução de “Você Não Soube Amar” são grotescamente cortados. Não se sabe o porquê isso ocorreu.

Fonte: O GLOBO DA MÚSICA